Jerry, meu jovem amigo… você é ingênuo, você é tão ingênuo. Você sabe de algumas coisas. Sobre comédia, um pouco sobre relacionamentos, baseball… mas isto está tão fora da sua realidade que você está me envergonhando. Agora escute: estou negociando. É isso que se faz em negócios.

Pode-se dizer tranquilamente que este episódio, o The Wallet, se desenvolve como uma continuação do anterior, onde Jerry e George apresentam a sua proposta de um seriado sobre o nada para a NBC. Aliás, toda esta sequência de episódios que tem como tema o nascimento do seriado parece deixar como periféricas as histórias que, a priori, seriam centrais. O mesmo vem a ocorrer no episódio seguinte, o The Watch. Mas divago.

The Wallet se inicia com o Jerry recebendo os seus pais em Nova Iorque e os deixando a par das negociações com a NBC. Concomitantemente, George Costanza está voltando de um encontro com Susan, oportunidade em que aproveita para recusar a oferta da emissora. Esta cena, que inicialmente parecia banal, consegue arrancar algumas risadas a partir do comportamento absurdamente seguro de George, intercalado com suas risadas suínas. Aliás, Costanza demonstra muita segurança durante todo o episódio, conforme se pode verificar em cena posterior, quando tira uma onda com um Jerry Seinfeld receoso em perder a oportunidade.

O evento principal deste episódio (e que tem como sequência o próximo, The Watch), ocorre na clínica onde Morty vai resolver seus problemas nas costas. Depois de reclamar do preenchimento da imensa ficha e da demora (quem nunca passou por isso?), Morty finalmente é atendido. Quando retorna para a ante-sala e se dá conta de que sua carteira sumiu, grita desesperadamente em um padrão “alarme de incêndio”: My wallet is gone! My wallet is gone! Logo em seguida, confronta o médico que lhe atendeu e acaba ficando sem carteira e sem o resultado dos exames.

Merece destaque o corte para o apartamento de Jerry Seinfeld, momento em que ocorre a chegada de Elaine. Me identifico com uma pessoa em especial, nesta cena: Cosmo Kramer. Se me permitem compartilhar um evento da minha infância: eu devia ter uns 10 anos e a pedido do meu pai acendi um cigarro na boca do fogão. Enquanto acendia, tal qual Kramer, pegou fogo na minha cabeça. Por favor, não contem pra ninguém.

O episódio se encerra com um jantar em família, com Jerry, seus pais e Uncle Leo. É aí começam os conflitos: o Leo cobrando consideração do Morty, afinal ele que tinha conseguido marcar a consulta, e o cerco fechando ao redor de Jerry, que jogara fora o relógio que tinha ganho de presente, relógio este encontrado pelo próprio Tio Leo.

Pode-se dizer que com os outros cinco episódios iniciais desta quarta temporada, tem-se um dos grandes momentos de Seinfeld. O The Wallet é um excelente episódio.