Ou você nasce com senso de humor, ou não. Isso não muda nem que você venha desde o sol vermelho de Krypton até o sol amarelo da Terra.

A primeira cena desse episódio é matadora. Não a piada do Jerry, que não é tão boa, mas a cena mesmo. Ela é tão boa que ouso dizer que esse é o primeiro grande episódio de Seinfeld. É uma cena completa.

É aquela em que Jerry e George discutem sobre o senso de humor do Super-Homem. Não vou descrevê-la em detalhes porque não faria sentido, já que você deve ver o episódio. Elaine também chega depois, e fala sobre ter perdido uma uva na cozinha. E George dá a dica sobre as ações de uma empresa, que ele andou sabendo que vão subir.

É uma cena perfeita, pois conseguiu mostrar todas as coisas que a gente gosta na série, além de ter sido bem escrita, bem dirigida e bem atuada. A discussão profunda sobre um tema idiota. Elaine pedindo pra Jerry não comer atum por causa dos golfinhos que estão morrendo, e ele fala que já ajuda a humanidade dando passagem no trânsito (essa idéia de ajudar a humanidade fazendo uma coisa que está realmente ao seu alcance, mesmo que ela não seja tão nobre quanto salvar golfinhos, é interessantíssima). George sugerindo uma roubada. Tudo está lá.

E o episódio todo é muito certinho. Jerry viaja com Vanessa (que ele tinha conhecido em The stake out) durante o fim de semana. Ele diz que viajar com a namorada é como entrar numa máquina do tempo: você avança seis meses em três dias (passa a ganhar presentes melhores, pode andar pelado).

Temos dois bons personagens coadjuvantes. Aliás, essa é outra boa característica que fica bem evidente aqui: os personagens secundários. Neste episódio temos o dono do mercadinho e o cara da lavanderia que admite ter encolhido a camisa do Jerry. Outra grande coisa: Jerry explicando a Vanessa sobre os olhares que você dá a alguém que está falando no cinema, como se isso fosse uma coisa que todo mundo devia saber.

Por essas, jogo a questão aos colegas de movimento: esse é realmente o primeiro grande episódio de Seinfeld? Ou foi só a primeira cena que me deixou empolgado demais, e o resto é bem mais ou menos?