Eu vi alguém na rua comendo M&M’s com uma colher.

Do capítulo “Autoajuda, por Seinfeld”.

The Pledge Drive é o episódio 89 de Seinfeld, terceiro da sexta temporada da série, e daqueles episódios recheados de dicas de autoajuda para pessoas deslocadas do mundo – como eu, você, Jerry Seinfeld e George Costanza (e nossos clones). Jerry já abre o programa sacaneando um costume moderno, mas depois, durante o episódio “explica” o motivo da raiva da abertura (entendo você, Jerry. Mesmo!)

Neste episódio há ainda uma sacaneada com as manias que todo mundo copia sem saber ao certo por que está fazendo isso – ou, melhor, está fazendo para seguir um “hype”, mesmo ele sendo idiota – e muitas vezes sem saber que está seguindo um hype. Como diria Paulinho da Viola, coisas do mundo, minha nega. Tô tentando me lembrar de um filme dos anos 80 (possivelmente do John Hughes) em que o carinha, que não é cool, pega a estrela da escola, e inventa a dança do macaco africano – e todo mundo copia. Cuidado, muito cuidado.

Assim, que nós aprendamos a lição. Vamos a elas:

1) Nunca jogue no lixo um cartão, carta, bilhete, foto nua ou algo parecido enviado por uma garota gostosa. NUNCA. George diz que, “segundo as normas”, é necessário manter o cartão com você por 48 horas. Na dúvida, acho que devemos dobrar esse período para 96 horas. Jerry perdeu a chance que tinha com essa garota aqui. Não te convenceu? Olhe aqui. Então, guarde os cartões. GUARDE. A não ser que você tenha uma lareira…

2) No episódio piloto da série, Jerry dá uma aula sobre como nós, seres não pensantes do sexo masculino quando o assunto é o sexo feminino, não entendemos os “sinais”. The Pledge Drive reforça a premissa. Jerry acha que foi cantado por uma amiga de Elaine. E dá uma confusão. O que temos a tirar disso é que mesmo após seis temporadas, Jerry (e nós) ainda confunde os sinais. E nós também, afinal a Noreen estava querendo algo, vai.

3) Nunca, NUNCA, aponte algo no cardápio com o dedo médio. A não ser que você queira mandar a outra pessoa para aquele lugar. Daí a gente recomenda: aponte! Porém, se alguém lhe apontar o dedo médio no transito, releve e siga em frente. Não vai dar certo você seguir o cara. Não vai dar.

4) Não esqueça dessa máxima para sua vida: “Um presente não desfrutado é um botão que não desabrochou”. Ainda mais quando o presente é da sua avó… Desfrute!

5) Seja sentimental ou ao menos tente – se você não for.

6) Sempre aceite dinheiro de seus tios e avós (pessoas estranhas é bom a gente continuar desconfiando…)

7) Nunca coma uma barra de chocolate (Lollo, Snickers, Chokito, Toblerone – ainda existe Toblerone? – ou qualquer outro) com… garfo e faca. M&M’s com colher? Nem pensar. Isso pode causar um caos na sociedade. Cuidado.

Ps. Ahhh, Kristin…