These pretzels are making me thirsty!

De todos os episódios de Seinfeld que vi (apesar de não ter visto todos), não lembro de algum que não tenha gostado ou achado mais ou menos. Eu sempre assisto com cara de boba, e no fim, adoro tudo. Sendo assim, não preciso dizer que gostei de The Alternate Side.

Neste episódio, o carro de Jerry é roubado, e ele acha que pode ser uma boa ideia ligar para o telefone do carro. O ladrão, muito descarado, atende. Jerry tenta negociar uma devolução, mas obviamente não consegue. Jerry aluga um carro e vai buscá-lo junto com Elaine, que revela a ele que está namorando um escritor sexagenário. Ela não se sente muito empolgada com o relacionamento e cogita a hipótese de terminar tudo.

O manobrista de carros da quadra de Jerry viaja e George decide substituí-lo. George não consegue dar conta do serviço e tem um ataque de nervos daqueles que ele sempre tem quando se mete em alguma situação embaraçosa.

Kramer surge muito empolgado contando sobre o filme que está fazendo com Woody Allen e diz que está trabalhando na sua fala. Trata-se de uma única frase em que ele diz “estes pretzels me dão sede”. A fala se repete várias vezes durante o episódio e a frase “these pretzels are making me thirsty” acaba se popularizando.

Considero pontos fortes do episódio o diálogo com o ladrão (ladrão este cuja voz ao telefone é de Larry David), o diálogo de Jerry com a moça do aluguel de carros, em que ele explica a ela a finalidade de se fazer uma reserva, já que ela não respeitou a reserva que Jerry havia feito, e a fala de Kramer sendo repetida em várias situações no desenrolar da trama toda. Claro que há outras cenas que valem ouro, como a do George sofrendo como manobrista e uma de Elaine com o namorado sexagenário, em que ela dá sopa para ele enquanto tenta ser sutil com as palavras.